Busca de vídeos e jogos:

 

Streamer consegue quebrar Super Mario World e hackear o jogo em tempo real

01/06/2017 11:30:49

 

 

 

Com o passar do tempo, as desenvolvedoras criaram formas de impedir que a segurança de seus jogos fosse violada, evitando a pirataria desenfreada desses títulos. Mesmo assim, hackear um game não é uma tarefa muito difícil caso se utilize um editor fora do game. Só que nada se compara com o que dois streamers conseguiram fazer: ele hackeou um jogo rodando em tempo real.

Tudo começou quando um outro streamer, chamado Cooper Harrysn, identificou uma falha de salvamento em Super Mario World. Depois, SethBling, que também é famoso por fazer maratonas absurdas de speedrunner, descobriu que, se você carregar certos dados no armazenamento interno de um cartucho do game da Nintendo, então é possível enganar o título para executar um código personalizado.

Foi aí que Cooper e Seth trabalharam juntos para produzir um editor hexadecimal e colocá-lo dentro do cartucho. Usando esse editor, os jogadores puderam inserir vários outros códigos diretamente no game, incluindo mods específicos para speedrunners - gamers que tentam finalizar jogos no menor tempo possível. Entre as modificações estão alteração no estado de energia do Mario e estender o temporizador do game.

Durante o streaming do hack - que, de novo, aconteceu enquanto Super Mario World era jogado -, SethBling explica que a brecha é persistente, o que significa que não é necessário reinstalar o jailbreak toda vez que você quiser acessar o editor hexadecimal. Além disso, o processo é bem simples e dura cerca de uma hora: basta ter um Super Nintendo, uma cópia de Super Mario World, três controles em que os botões possam ser apertados para baixo e dois adaptadores para conectar o trio de joysticks.

No vídeo abaixo, o streamer dá mais detalhes de como proceder com a instalação: 

 

Fonte: TecMundo



 


Voltar